Porque a segurança deve ser um item essencial nas aulas de natação infantil

Porque a segurança deve ser um item essencial nas aulas de natação infantilFilhos são nossos bens mais preciosos, não é mesmo? Você se preocupa em cada detalhe na rotina das crianças, da cadeirinha que ela usa até a segurança de escolas e creches, passando por cuidados com a alimentação e visitas periódicas ao médico.

Segundo a ONG Criança Segura, medidas simples de prevenção poderiam ter evitado 90% dos acidentes com crianças até 14 anos.

 Se você zela pela segurança do seu filho (a) em todos os ambientes, por que seria diferente nas aulas de natação infantil?

Para ajudar seu filho a ter uma aula de natação infantil mais segura, vamos abordar alguns pontos que você deve observar antes de matriculá-lo em uma escola de natação.

Piscina

O ideal é buscar piscinas infantis (de 2 a 6 anos) com profundidade reduzida para ter uma maior segurança para o ensino de natação para as crianças. Algumas piscinas usam plataformas para adaptar a profundidade de uma piscina adulta para uma infantil. Todavia essa adaptação não é recomendada.

Entre os riscos de uma piscina reduzida através de uma plataforma há o perigo de escorregões e tombos por conta da instabilidade do piso e o pior:  crianças pequenas podem entrar embaixo da plataforma e se machucar ou mesmo perder o fôlego e ter um acidente mais grave!

Observe também se há barras de segurança nas laterais das piscinas, que ajudam os alunos a se apoiarem durante as explicações dos professores para realização de exercícios específicos.

O ideal é que a piscina infantil seja projetada exclusivamente para as crianças, considerando assim a altura adequada para que elas possam ficar em pé na parte rasa da piscina, e poder treinar exercícios de sobrevivência na parte mais profunda da piscina – sempre acompanhadas pelos professores.

Interessante também a escola de natação possuir equipamentos de monitoramento e filmagem das piscinas, garantindo ainda mais uma melhor segurança para as crianças.

Piso e equipamentos ao redor da piscina

Preste atenção se há formas de impedir que as crianças entrem na área da piscina sozinhas. Outro item essencial de segurança é se o piso da borda da piscina é antiderrapante, justamente para evitar acidentes.

Currículo dos professores

Nem precisa ser mãe ou pai para saber isso: qualquer distração com uma criança pode resultar em um grande problema. Passando por travessuras e chegando em acidentes graves! Por isso, busque conhecer bem os professores e seus currículos, e não somente os que costumam dar aula no horário em que seu filho irá frequentar as aulas de natação. Prefira sempre professores formados na área de educação física e especializados em natação.

Outra coisa importante é verificar se, independentemente da idade, o professor entra na piscina com o aluno em processo de aprendizagem, ou seja, quando o aluno ainda não domina qualquer estilo de nado. Este item é muito importante, pois desta forma o professor pode perceber e atuar com mais agilidade e evitar qualquer acidente com a criança durante a aula de natação.

Finalmente, por mais bem treinado e experiente que seja o profissional de natação, é sempre difícil supervisionar grupos muito grandes de crianças. Assim, prefira matricular seu filho(a) em locais que possuam turmas com menos crianças ou que tenham número suficiente de profissionais para garantir que nenhum aluno fique desassistido.

Agora que você já conhece os itens de segurança essenciais nas aulas de natação infantil é hora de escolher qual escola vai atender melhor o seu filho. Não o prive de uma prática esportiva tão benéfica para a saúde como a natação!

Quer conhecer as uma escola de natação que segue todas estas medidas de segurança e muitas mais? Agende agora uma Aula experimental na Mori Natação! Apenas clique no link abaixo:

 

Logo Mori 40 Anos (Contorno Branco)_pages
CLIQUE AQUI PARA AULA EXPERIMENTAL GRATUITA

 

2017-10-31T12:36:08+00:00

Deixar Um Comentário

3 × três =