Abdominal e Gestação

Posso fazer abdominal durante a gravidez?

A resposta é sim!

Quando falo isso para uma aluna, ela se assusta, pois, a primeira imagem que vem à cabeça dela são os abdominais convencionais de academia, e o tamanho da barriga que ela está no momento da gestação.

Mas não é qualquer exercício abdominal que é indicado para o período de gestação! Então vamos entender primeir

o porque é importante fortalecer a região abdominal?

Com o aumento do útero vai ocorrendo um estiramento da musculatura abdominal, aumentando a sobrecarga para a coluna e região lombar causando a dor (lombalgia).

Pois então, devido a esses “ajustes” biomecânicos, é importante termos consciência do período gestacional em que ela se encontra, ajustar os exercícios e buscar o fortalecimento.

Existe um músculo no nosso corpo chamado Transverso, ele funciona como uma cinta natural protegendo a coluna vertebral, centralizando o tronco na região abdominal.

Os abdominais tradicionais de academia (aqueles com flexão de tronco), além de serem biomecanicamente difíceis de serem executados pela gestante, não são importantes nesse momento, pois eles acentuam a diástase (abertura do reto abdominal), além disso a pressão exercida no abdômen tende a pressionar também o assoalho pélvico que já se encontra bastante sobrecarregado com o peso do útero.

O Assoalho Pélvico são músculos localizados na região entre as pernas, a partir do osso púbico até a base da espinha nas costas. Eles ajudam a sustentar a bexiga, o útero e o intestino, e a controlar os músculos que fecham o ânus, a vagina e a uretra.

Para ajudar minhas alunas a entenderem onde o assoalho pélvico está localizado, sempre menciono a seguinte situação:

“Sabe quando você está com a bexiga cheia, e está segurando para a urina não escapar?  Quem exerce essa função, são os músculos do assoalho pélvico.” Fica mais fácil para elas se conscientizarem da contração e do relaxamento do assoalho pélvico durante determinados exercícios depois desse exemplo.

O Professor de Educação Física Especializado, sem dúvida deve acrescentar na Prescrição de Exercícios da gestante a região abdominal.

Alguns benefícios:

  • Acelera a recuperação da diástase abdominal
  • Reduz os riscos de Incontinência Urinária durante a Gestação e no Pós Parto.
  • Aumenta a Capacidade Funcional de executar movimentos que antes eram simples, e agora com o avanço da gestação, passam a ser movimentos mais difíceis.
  • Previne a dor lombar (Lombalgia)
  • Contribui para a manutenção da postura, para ajudar na fase de expulsão do parto e para retornar ao aspecto da parte inferior do tronco antes da gravidez. A força muscular dos membros superiores e tronco é também muito importante para carregar o bebê, que aumenta, cada vez mais o seu peso.

Portanto meninas, durante sua gravidez, a “barriga tanquinho” não é o objetivo principal, mas viram como você pode sair ganhando trabalhando essa musculatura?

Lembrando, sempre que qualquer prescrição de exercício, só deve ser iniciada após a autorização médica.

Na Mori, você encontrará o Programa para Gestantes que visa ajudar as futuras mamães a estarem melhor preparadas para essa fase tão especial da vida. O Programa inclui exercícios de alongamento e relaxamento seguidos de atividades de hidroginástica especialmente desenhadas para as gestantes.

Um beijo e boa semana!

Professora Melissa Cirello (instagram : @melcirello)

 

Mori Escola de Natação
CLIQUE AQUI PARA AULA EXPERIMENTAL GRATUITA

2018-04-09T19:19:01+00:00

Deixar Um Comentário